5 modos de discutir que podem acabar com seu casamento

5 modos de discutir que podem acabar com seu casamento
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A maioria das pessoas vinculam “discussões” a “brigas”, o que é um grande equívoco. Discutir é trocar ideias, colocar os pingos nos is, algo super necessário para um casal que deseja se entender e conviver bem. As pessoas só brigam porque não aprenderam discutir corretamente.

01. Gritar para impor seu ponto de vista.

As discussões se tornam brigas quando se eleva o volume da voz. O Rei Salomão já nos ensinou em seu livro (Provérbios 15:1): “A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira.” Quanto mais violentamente o outro discute, mais serena nossa resposta deve ser. Logo veremos o tom de voz dele/dela diminuir em resposta. Experimente fazer isso.

02. Acusar ou Atacar o outro

Não acuse ou ataque. Não diga: “Você disse isto!” ou “Você fez aquilo!” Façamos perguntas, não declarações. E sempre use de sinceridade, com a intenção de encontrar a verdade, e não como uma espada afiada, pronta a cortar a cabeça do oponente.
Por exemplo, você pede ao seu marido para comprar determinada marca de sabão em pó e ele traz outra. Em vez de você dizer “Você trouxe o produto errado! Será que prestou atenção no que eu pedi?”, você diz “Você não faz nada certo! É um idiota!”.

03. Punir o outro com Silêncio

A pessoas que param de falar com o cônjuge, passando a ignorá-lo por algum tempo, como forma de punição ou para evitar cobranças.
Quem adota esse padrão costuma achar que o culpado é sempre o outro. O professor de psicologia na Seattle Pacific University, Les Parrott, diz que o tratamento silencioso é “manipulador, desrespeitoso e contraproducente”.

04. Fazer comparações

Cada pessoa é única, e é uma grande meninice achar que ao comparar seu cônjuge com o cônjuge maravilhoso de Fulano, irá inspirar o seu a melhorar e adquirir novos comportamentos mais agradáveis. Pelo contrário, isso só irá desmotivar e irritar seu cônjuge, podendo leva-lo a desistir do casamento.

05. Se posicionar como a parte sempre certa

É sábio admitir quando se está errado. Ninguém está sempre totalmente certo. Encontre algo pelo que se desculpar, pelo que se responsabilizar. A outra pessoa se sentirá melhor e poderá até admitir e assumir alguns erros de sua parte. Isso diminuirá a tensão durante a discussão, trará leveza para o debate e comunicará que você é uma pessoa sensata que deseja o bem do relacionamento.

Seu modo de discutir no relacionamento é muito importante para estabelecer a paz ou iniciar uma guerra no seu lar, portanto vale a pena aprender como discutir da forma certa e assim construir um casamento de sucesso.

Se o seu casamento estiver por um fio, e você deseja salvar sua família e voltar a ser feliz. Faça este teste  Clique Aqui.

(Visited 660 times, 660 visits today)

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sobre o autor | Website

O Estevão Souto contribui para que casais construam um casamento de sucesso. É muito bem casado com a Jaci Souto, e pai da Pérolla. Palestrante, escritor, blogueiro e empreendedor digital.

Deixe o seu Comentário