5 perguntas para se fazer depois de perdoar uma infidelidade

Compartilhar

Será que essa segunda chance fará você recuperar a confiança quebrada após a infidelidade? Encontre essas respostas e reflita.

Vários motivos levam algumas pessoas a perdoar uma infidelidade; talvez por medo, por amor, pelos sonhos e expectativas que nutriram como casal, pelos filhos, entre outros. Embora não seja fácil tomar a decisão de perdoar quando o coração está ferido e a autoestima está seriamente prejudicada, cabe a cada um saber se deve ou não dar ao cônjuge uma segunda chance.

Agora, sejam quais forem os motivos que o levaram a perdoar seu cônjuge, é importante que você se faça algumas perguntas para refletir sobre o caminho que seu relacionamento tomará e saber se realmente será diferente desta vez, diz a psicóloga e a terapeuta sexual Ariadna Pulido, já que a maioria das pessoas que se perdoaram conseguiu fortalecer sua confiança ao longo dos anos.

Nesse processo em direção ao perdão, é comum que a pessoa afetada opte pelo papel de vítima (no mau sentido), fazendo com que seu parceiro se torne uma pessoa cheia de culpa e remorso em seus esforços de recuperar sua confiança e amor fraturado, e acaba, inconscientemente, tornando seu relacionamento destrutivo, em vez de favorável para ambos.

Por esse motivo convém fazer uma profunda reflexão, para que o que você esperar de seu relacionamento seja positivo, evitando a todo custo vingança ou ressentimento em relação ao cônjuge. Afinal de contas, você tem todo o direito de mudar algumas coisas em seu relacionamento.

Segunda chance

Dito isso, compartilho com vocês as perguntas que algumas pessoas nessa situação costumam se fazer. Lembre-se de que é um assunto interno, pois todos os relacionamentos são diferentes, tudo depende da situação em que você se encontra.

1. Quais foram as coisas nas quais falhei em meu relacionamento?

Quando os relacionamentos vão mal, não se trata apenas de uma pessoa estar errando, mas ambas. Agora é a hora de refletir sobre seus próprios erros – não para se atormentar ou se culpar, mas para fazer mudanças.

Pergunte a si mesmo o que poderia ter dado errado, que mudanças podem está em suas mãos, o que você está fazendo de errado. As respostas que der a si mesmo serão apenas internamente e serão as diretrizes para um recomeço em seu relacionamento. Por exemplo: talvez você fosse uma pessoa que confiava demais, ou ciumenta, ou tenha deixado de dar prioridade ao cônjuge, ou seu relacionamento se tornou monótono e chato.

2. Os dois estão dispostos a recuperar o amor?

Poderíamos pensar que aquele que foi infiel e busca o perdão está totalmente arrependido e quer reconquistar a confiança da pessoa amada. No entanto, às vezes é apenas um arrependimento passageiro, talvez por a pessoa ter sido pega e desmascarada.

A questão é o que estão dispostos a fazer para recuperar a confiança e o amor? Nesse caso, vocês devem fazer um plano de ação, construir metas juntos novamente, colocar-se como prioridade e se divertir em casal. Podem planejar uma viagem de (segunda) lua de mel, entre outras ideias.

3. Qual é a sua verdadeira razão para perdoar?

Reconhecer o verdadeiro motivo ou motivo pelo qual você perdoou a infidelidade fará com que você reflita sobre como deseja que seu relacionamento seja. Em outras palavras, se você perdoou por amar seus filhos ou porque não quer ficar sozinho, ou porque investiu muitos anos de sua vida e não quer desperdiçar, deixe-me dizer que não haverá grandes mudanças em seu relacionamento, pois o amor não é um sacrifício e recuperar a confiança não será tão fácil, pois seu coração continuará machucado.

Se você realmente espera uma mudança notável em seu relacionamento depois de perdoar, deve trabalhar aquilo que o motivou e lhe deu força para perdoar. Por exemplo, se foi por seus filhos, faça com que seu cônjuge tenha mais responsabilidades com eles; se foi por não querer ficar sozinho, então que seu cônjuge faça mais as suas vontades e façam mais atividades juntos.

4. Você conseguirá se conectar intimamente com seu cônjuge de novo

Esta é uma resposta muito pessoal, pois depois de ser vítima de infidelidade, muitas pessoas não conseguem se reconectar ao cônjuge durante o sexo. Mas você só vai descobrir isso quando tiverem relações, então terá que se esforçar e se concentrar apenas no amor que seu parceiro está lhe dando, deixando para trás as feridas do passado. Lembre-se, esta é uma segunda chance, algo novo e diferente.

Se você o perdoou, é porque realmente deseja recuperar a confiança e o vínculo que tinha, agora é a hora de transformar suas relações em magia, pensando que é novo.

5. Você se compromete em curar suas feridas?

Sem ódio nem culpa, nem vingança, nem ressentimentos; é importante estar disposto a curar suas feridas para que também se sinta bem consigo mesmo e renovado. É o momento de pensar em você e somente em você. Talvez possa soar um pouco egoísta, no entanto, você deve primeiro pensar em si mesmo para ser bom com os outros.

Depois de ter feito uma análise interna e ter respondido a essas perguntas de dentro de seu coração, pode ter certeza de que seu relacionamento poderá ganhar força e, pouco a pouco, você recuperará o amor e voltará a confiar. Inclusive, se achar conveniente, pode buscar a ajuda de um especialista, será sempre bom consultar um especialista para fortalecer seu relacionamento.

Traduzido e adaptado por Erika Strassburger, do original 5 preguntas que debes hacerte después de perdonar una infidelidad

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.