Sucesso no Casamento Traição Estevão Souto

A INFIDELIDADE NO CASAMENTO E O PAPEL DO PERDÃO

Se o seu casamento foi envenenado pela serpente da infidelidade, leia este artigo e encontre o único antidoto capaz de salvar seu relacionamento.

A INFIDELIDADE NO CASAMENTO E O PAPEL DO PERDÃO
Compartilhe
  • 73
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
    74
    Shares

 

A infidelidade no casamento é algo que infelizmente pode acontecer. O casamento é uma dádiva de Deus, sendo um compromisso entre as entre duas pessoas diante de Deus.

Mas você sabe como agir diante de um ato de fidelidade? Se você tem que perdoar ou não?

Primeiro, vamos entender o que é a infidelidade no casamento.

O que é a infidelidade no casamento?

Há muitas interpretações diferentes do termo.

Podemos dizer que este termo refere-se a uma ação ou atitude realizada por uma pessoa da relação. Esta ação geralmente acaba rompendo com a confiança dentro do relacionamento. É a quebra de um compromisso.

Vale ressaltar que segundo a bíblia, a infidelidade no casamento pode ser entendida como adultério.

E ainda segundo a bíblia, se um homem olhar para uma mulher e deseja-la, já cometeu adultério com ela em seu coração (Evangelho de Mateus, capítulo 5, versículo 28).

Assim, podemos concluir que o adultério pode ser tanto em ações como também no pensamento.

Por que há a infidelidade no casamento?

Principalmente quando não há respeito pelo cônjuge, é mais possível de acontecer o adultério.

Muitos acreditam que a infidelidade pode ser razão de insatisfações pessoais.

A bíblia mostra que cometer pecados pode ser uma busca para satisfazer os desejos da carne.

Por isso, de forma nenhuma a infidelidade no casamento deve ser vista como algo positivo, uma vez que é pecado e desagrada a Deus e as pessoas.

Vale ressaltar que ela também pode destruir o casamento, já que gera a desconfiança, o que não é saudável em uma relação. Além disso, este ato pode trazer muitas consequências negativas para o relacionamento.

E é possível perdoar um cônjuge que foi infiel?

Se você foi vítima de infidelidade no casamento e quer saber como você deve lidar com o perdão neste caso, continue lendo este artigo que explicaremos algumas coisas.

Antes de tudo, esteja ciente de que a pessoa não cometeu pecado somente contra você, mas também contra Deus, quebrando um de seus mandamentos (Êxodo 20:14).

Na Lei antiga, quando alguém cometia adultério, deveria ser executado. Pela graça e misericórdia de Deus e o sacrifício de Cristo, hoje não é mais assim. Através do arrependimento e pedido de perdão a Deus, ele nos perdoa do pecado.

Quem é vítima de adultério deve entender que a culpa não é dela e que Deus entende que haja muita chateação, tristeza e decepção neste momento.

Devo perdoar ou não?

O perdão é bíblico, inclusive nos casos de infidelidade no casamento. Busque saber se houve o arrependimento verdadeiro da pessoa que foi infiel.

Toda vez que nos arrependemos verdadeiramente e pedimos perdão a Deus, Ele nos perdoa. Seja qual pecado for que cometemos. E Cristo nos mostrou isso na vida terrena também.

Um exemplo disso é quando os fariseus trazem a mulher adúltera até Ele, pensando em apedreja-la, conforme diz a Lei de Moisés. Porém, quando vê a situação, Cristo fala para os fariseus: “Quem não tiver pecado, seja o primeiro a apedrejá-la”. Assim, ninguém a apedrejou e foram embora.

Cristo pergunta a ela se ninguém a condenou, e ela responde: “Não”. E Cristo, por fim responde: “Eu também não te condeno. Vá e não peques mais”

Esta é uma linda lição de perdão. Que fique claro que ali, naquela situação, Jesus não era conveniente com o pecado, pois disse “Vá e não peques mais”, ordenando para que ela não cometa mais tal pecado. Mas principalmente, Ele não a condenou por isso.

Assim, podemos entender que perdoar uma infidelidade no casamento é importante para poder seguir em frente. Não perdoando e guardando rancor, você pode fazer mal a si mesmo (a) com sentimentos negativos.

Por isso, deve haver verdadeiro arrependimento e pedido de perdão a Deus e a pessoa traída.

Continuar ou não com a pessoa?

A pessoa que foi traída tem direito a se divorciar sendo a bíblia, mas deve analisar bem a situação, uma vez que esta é uma decisão pessoal e para Deus, o casamento tem muito valor e importação. Por isso, você pode optar por dar mais uma chance a pessoa.

Caso escolha continuar com a pessoa, é importante perdoar verdadeiramente e não ficar acusando em todos os momentos, e ajuda-lo sempre que precisar.

Busquem a Deus de forma que vivam no espírito, não satisfazendo os desejos carnais.

 

Casamento fracassado? Não Desista! Clique e conheça o Livro Casamento de Sucesso!

(Visited 243 times, 466 visits today)

Compartilhe
  • 73
  •  
  • 1
  •  
  •  
  •  
    74
    Shares
  •  
    74
    Shares
  • 73
  •  
  •  
  • 1
  •  

Sobre o autor | Website

O Estevão Souto contribui para que casais construam um casamento de sucesso. É muito bem casado com a Jaci Souto, e pai da Pérolla. Palestrante, escritor, blogueiro e empreendedor digital.

Deixe o seu Comentário