Conflitos Sucesso no Casamento Estevão Souto

07 ATITUDES ERRADAS APÓS UMA BRIGA DE CASAL

Brigar com o cônjuge nunca é bom, mas é uma situação quase inevitável, afinal são dois mundos convivendo debaixo do mesmo teto. Conflitos sempre vão existir, por isso precisamos policiar nossas atitudes depois da briga, afim de preservar a saúde do casamento.

07 ATITUDES ERRADAS APÓS UMA BRIGA DE CASAL
Compartilhe
  • 72
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    72
    Shares

Sabia que você pode ouvirtodo o conteúdo deste post? clique em play

Provavelmente você vai se identificar em muitas dessas atitudes, lembrando de alguma briga que já foi resolvida. Mas se você está no tenso clima de briga não resolvida, entender que as atitudes aqui relacionadas são erros e que devem ser corrigidos, fará toda a diferença.

1. Desabafar com a família e amigos após a briga de casal

Numa briga geralmente mostramos nosso “lado” mais feio, e isso não quer dizer que temos apenas este “lado”. Portanto, nunca divulgue o “quão ruim” é o seu cônjuge para sua família e amigos. É muito provável que vocês vão se reconciliar e mais certo ainda que sua família e amigos não vão presenciar. Isso pode gerar situações desagradáveis. Aconselho que quando quiser desabafar fale com Deus o resultado será muito melhor.

 2. Não Assumir seus erros

Sei que o orgulho que todos carregamos, nos cega para reconhecer nossos erros principalmente depois de uma briga. Mas assumir seus erros de forma humilde, vai ajudar seu cônjuge enxergar os erros dele também. É ai que a briga começa a ser enterrada.

 3. Tentar fingir que nada aconteceu depois da briga de casal

Este recurso é utilizado por muitos… e parece até funcionar por um tempo. Mas na verdade jogar a sujeira para baixo do tapete só piora as coisas, uma hora o saco de paciência explode e o desastre pode não ter volta. Então em vez de fingir que nada aconteceu, procure um momento calmo e resolva estas pendências, com respeito e mostrando interesse no bem do casamento.

 4. Lembrar de conflitos passados

Ficar remoendo as desavenças anteriores é o pior caminho para voltar a ficar bem com seu cônjuge, não desenterre o que já foi sepultado. Lembre-se das coisas boas que valorizam o seu casamento e são a razão dele existir.

 5. Se fazer de vítima

Muitas pessoas após a briga desenham o cônjuge como o vilão da história, que é a causa de todos os seu problemas e o motivo de todas as suas reações impensadas. Se você está agindo assim, pare com isso agora mesmo, procure melhorar seus sentimentos, leia um bom livro no sentido de ser uma pessoa bem resolvida consigo.

 6. Ignorar a presença do cônjuge

A vontade de sumir é muito grande depois de uma briga, para não ver a pessoa. E muitos até instalam uma barreira de silêncio, o que não resolve. Neste momento é importante que você aceite que para continuar é preciso iniciar o processo de reconciliação.

7.Não perdoar depois da briga de casal

Muitas pessoas movidas por sentimentos de mágoa e rancor, não cedem e não perdoam, passam anos apodrecendo a alma com estes maus sentimentos. “ Não perdoar é o mesmo que tomar veneno na esperança que o outro morra.” Portanto decida perdoar para ter uma vida saudável e feliz ao lado do amor da sua vida.

Resumindo… depois de uma briga, corra logo o mais rápido possível para reconciliação, se o seu alvo é ter sucesso no casamento, procure estrategicamente tomar as atitudes certas que vão te levar a felicidade conjugal.

 Comente, acrescente seu ponto de vista, será uma honra para nós ter sua interação aqui.

Se o seu casamento estiver por um fio, ou até pareça que acabou, te recomendo a fazer este Teste, e Assista o vídeo da Dr. Renata Santos. 

(Visited 658 times, 1.948 visits today)

Also published on Medium.


Compartilhe
  • 72
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    72
    Shares
  •  
    72
    Shares
  • 72
  •  
  •  
  •  
  •  

Sobre o autor | Website

O Estevão Souto contribui para que casais construam um casamento de sucesso. É muito bem casado com a Jaci Souto, e pai da Pérolla. Palestrante, escritor, blogueiro e empreendedor digital.

Deixe o seu Comentário