INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NO CASAMENTO – 12 PASSOS PARA DESENVOLVER

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NO CASAMENTO – 12 PASSOS PARA DESENVOLVER
Compartilhar
  • 81
  •  
  • 3
  •  
  •  

Posso dizer que inteligência emocional é como Oxigênio para o seu relacionamento.

Quem é emocionalmente inteligente tem habilidade em quatro áreas: Identificar emoções, usar emoções, entender emoções e controlar emoções”.

Sabia que a maioria dos casamentos hoje em dia fracassam drasticamente porque os casais não sabem usar a inteligência emocional?

Mas o que significa inteligência emocional no casamento?

  • É a sua capacidade de compreender as emoções do cônjuge do ponto de vista dele.
  • Também é a sua capacidade de fazer o seu cônjuge entender as suas emoções do seu ponto de vista.
  • Em 3º lugar é a sua habilidade de canalizar suas emoções no caminho certo para fazer seu cônjuge feliz e contente no relacionamento.
  • Por último é sua responsabilidade de perceber que o seu cônjuge é um indivíduo, portanto você o aceita como ele é.

Mas o que acontece quando você não tem inteligência emocional?

  • Você nunca entende as necessidades emocionais do seu cônjuge. Isso te deixa irritado e frustrado.
  • Você é incapaz de transmitir suas necessidades emocionais ao seu cônjuge, o que te torna infeliz e insatisfeito.

E quando ambos estão tristes e frustrados no relacionamento, perde-se a vontade de continuar no casamento.

A maneira como lidamos com as emoções determina o quanto de felicidade podemos ter no casamento.

O amor é uma emoção positiva. Cuidado e afeição por seu cônjuge são emoções construtivas. Mas essas emoções são muitas vezes deixadas de lado na vida a dois.

Já o ódio e o ressentimento são emoções muito negativas e destrutivas. Mas geralmente deixamos essas emoções dominarem o relacionamento.

Talvez neste momento você esteja ressentida e com raiva pela maneira que seu marido trata você. e vice versa. Você sente que seu cônjuge é indiferente, irresponsável e insensível. E possivelmente seu cônjuge tem os mesmos pensamentos sobre você.

Se faz sentido o que eu descrevi aqui, está faltando inteligência emocional no seu casamento.

Vou listar agora 12 ações que você precisa praticar para desenvolver sua inteligência emocional.

  1. Se coloque no lugar do seu cônjuge, para enxergar as coisas do ponto de vista dele.
  2. Entenda que seu cônjuge é um indivíduo. Não tente mudá-lo.
  3. Aprenda como expressar suas emoções – sem raiva e hostilidade.
  4. Compreenda que seu cônjuge é propenso a oscilações emocionais – Afinal, ele é humano.
  5. Não tire conclusões sobre palavras ditas com raiva.
  6. Nunca assuma o silêncio como algo negativo, pode ser apenas cansaço.
  7. Controle reações negativas e raivosas.
  8. Não tenha medo de reconhecer seus erros.
  9. Nunca deprecie o seu cônjuge.
  10. Perdoe seu cônjuge quando ele se desculpar – não continue a guerra.
  11. Explique seu ponto de vista para seu cônjuge de forma razoável.
  12. Sempre informe o seu cônjuge sobre o que você vai fazer – isso acaba com suspeitas indesejadas.

Podemos concluir que a inteligência emocional é usar as emoções de forma estratégica para aproximar o casal.

O amor e o cuidado entre o casal não cresce sozinho. É preciso que o casal regue e cultive o seu jardim, sempre arrancando as ervas daninhas, para que o jardim do casamento floresça e seja uma fonte de alegrias apesar dos espinhos.  

Se você precisa salvar seu casamento, recomendo este método bíblico, que usa inteligência emocional e psicologia, e que já ajudou a salvar centenas de casais. Clique Aqui

  • 84
    Shares

Sobre o autor | Website

O Estevão Souto contribui para que casais construam um casamento de sucesso. É muito bem casado com a Jaci Souto, e pai da Pérolla. Palestrante, escritor, blogueiro e empreendedor digital.

Deixe o seu Comentário