para esposa Sucesso no Casamento Estevão Souto

Mulher rixosa é um Maridocida: ótimo pra acabar com casamento

Veja o que muitas mulheres fazem e sem querer acabam repelindo o marido, para bem longe delas...

Mulher rixosa é um Maridocida: ótimo pra acabar com casamento
Compartilhe
  • 106
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    106
    Shares

Oi, como você está?

Em tempos de dengue e zica vírus, todo mundo tem uma receitinha ótima de inseticida ou repelente.  A ideia é manter os mosquitos longe da gente.

Pra casamento também existe uma infalível: o maridocida.  Se quiser que seu marido saia correndo de perto de você, é só abrir a boca pra ficar murmurando. Como dizemos aqui em Minas: é tiro e queda!

Juro! Não existe nada melhor para deixar um marido frio e distante. Mas isso não é novidade nenhuma. Infelizmente não fui eu que inventei. A bíblia já afirma isso há milhares de anos, desde os tempos do sábio rei Salomão. Aliás, foi ele quem escreveu:

Melhor é viver no deserto do que com uma mulher rixosa e amargurada”. Pv 21:19

Pois bem, minha filha, está aí. Resultado garantido ou seu casamento de volta.  Mas chega de blá, blá, blá. Deixa eu lhe explicar como preparar um ótimo maridocida.

 

1. Seja uma mulher amargurada e rixosa

Sim, se você quer destruir seu casamento, nada melhor que guardar um monte de rancor e amargura no seu coração. Seja um verdadeiro depósito de sentimentos tristes e negativos. Guarde mágoas, lembranças dolorosas, fique remoendo todos os mínimos erros do maridão.

Isso vai azedar o seu interior. E toda vez que você abrir a boca, esse mau cheiro irá exalar pelo seu lar. Afinal, a bíblia afirma que “a boca fala do que está cheio o coração” (Mateus 12:34).

Não sei se você já teve a oportunidade de conviver com pessoas com acentuado mau hálito. Eu já tive. E sinceramente, por mais que queiramos ficar perto, por mais que gostemos da pessoa, a tendência natural é nos afastar. Pois muitas vezes o mau cheiro se torna intolerável.

Muitos maridos gostam o suficiente da esposa para não se divorciarem. Mas até por instinto de preservação, acabam se afastando delas. Já viu casamento em que cada um vive no seu canto? Que o marido não abre a boca dentro de casa? Parece um ser distante, frio, apático?

Se você quiser isso em sua casa, fica a dica: colecione amargura em sua alma.

 

2. Seja super crítica

 

Outro ingrediente fantástico para o maridocida são as críticas. Elas corroem, aos poucos, os relacionamentos. As críticas têm uma função incrível; elas ajudam a pessoa criticada a se defender de todos os seus erros. Deixe eu explicar melhor.

Quando um cônjuge convive com outro que o critica o tempo inteiro, mesmo que ele seja culpado, ele tentará se defender. Isso é super natural e instintivo. Todos fazemos isso, porque temos um instinto natural de auto-defesa.

E uma das melhores maneiras de se defender, é exatamente revertendo a culpa. Então, se uma esposa é super crítica e está o tempo todo atacando o marido, ele logo irá acusá-la de ser a responsável pelo problema. De alguma maneira ele tentará colocar a culpa nela.

A esposa ficará furiosa, certamente, pois sabe que não é verdade. E aí critica com mais veemência. E esse ciclo então nunca termina. As acusações dentro do relacionamento se tornam uma constante. Até que um dia acaba qualquer possibilidade de diálogo construtivo.

Uma outra razão para não esquecer as críticas na sua receita de maridocida, é que elas acabam desmotivando seu parceiro. Sim, as críticas não costumam construir, ao contrário do que muita gente pensa. Elas são ótimas para desmotivar.

Pense um pouco, o que você prefere? Conviver com um patrão que apenas aponta os seus erros, e raramente exalta suas qualidades? Ou se relacionar com um patrão que sempre lhe põe para cima? Que lhe faz acreditar que você pode crescer? 

Críticas constantes não ajudam ninguém. Existe uma história interessante que ilustra isso. Vou resumir:

“Havia uma jovem bailarina brilhante, tinha um imenso potencial. Um dia ela precisou trocar de treinador. Seu antigo treinador sempre a punha para cima, elogiando todas as suas qualidades, fazendo-a acreditar que com um pouco mais de empenho se destacaria.

A moça se sentia super bem. Queria agradá-lo de qualquer jeito. E se sentia motivada a estudar e corrigir os erros que às vezes ela mesma percebia que cometia. Ela queria muito agradar seu amável técnico.

Porém, o novo treinador era extremamente severo. E na tentativa de tirar o melhor da moça, apontava sistematicamente todos os seus erros, por menores que fossem. Ele queria perfeição.  Só que ele não a elogiava, porque achava que se assim o fizesse ela se acomodaria.

O desempenho da moça caiu drasticamente. Por mais que ela tentasse fazer o melhor, seu técnico só via seus erros. Ela começou a acreditar que não tinha mesmo talento para aquilo, que jamais teria condições de estar entre os melhores profissionais. Ela percebeu que jamais agradaria seu treinador, por mais que se esforçasse. E desistiu!”

Reforçar as falhas das pessoas não ajuda a extrair o melhor delas. Reforçar as qualidades sim, porque todos nós gostamos da aprovação das pessoas que amamos. Além do mais, queremos ficar próximos às pessoas que nos põem para cima e nos fazem sentir especiais.

Jamais me esqueci da lição de Dale Carnegie: a maior necessidade de qualquer ser humano é se sentir importante.

Portanto, um ótimo ingrediente para o maridocida são as críticas constantes: certamente elas farão que seu marido desista de melhorar, matará a auto-estima dele, e o farão querer fugir de você.

 

2. Passe a vida querendo consertar seu cônjuge

 

Algumas pessoas têm a síndrome de semi-deuses: querem que tudo seja feito à sua imagem e semelhança. O que foge a isso é errado.

Infelizmente muitas esposas, quando colocam a aliança nos dedos, decidem consertar todos os defeitos dos maridos. E se dedicam a isso.

Elas sonham com um padrão “príncipe encantado” e acreditam, sinceramente, que transformarão seus companheiros no homem dos seus sonhos. (É sério, já recebi e-mails no blog de mulheres perguntando quando finalmente teriam seus príncipes).

Mulherada, acorda… príncipe encantado é coisa de desenho animado, comédia romântica, historinha infantil. Vivemos no mundo real. No mundo das pessoas de carne e osso. Gente que trabalha, enfrenta trânsito, cliente chato, violência urbana, epidemias malucas e por aí vai…

Não existe príncipe encantado.

E não existe essa de achar que tudo tem de ser do jeito que você quer, na hora que você quer.

Pára! Misericórdia! Por favor, aceite um conselho:  vá ser feliz! Deixe as pessoas viverem em paz.

Eu aconselho algumas leitoras do blog e de vez em quando falo isso. Uma, graças a Deus, levou a sério e foi tentar ser feliz. Fez uma lista de coisas que a deixava bem tipo:

– ouvir louvor;

– fazer ginástica;

-ajudar a pastora;

– aprender pintura;

– fazer comida gostosa.

Ela se libertou da obsessão de perfeição. Começou a ficar mansa. Parou de querer controlar tudo. Começou a procurar coisas que preenchiam sua alma. Tirou o foco dos defeitos do marido, porque agora tinha coisas prazerosas em que se concentrar.

Sério, a mudança dela foi radical. O marido finalmente ficou quieto dentro de casa. Finalmente as coisas entre o casal começaram a se arrumar. O diálogo ficou possível.

Se você é o tipo de pessoa controladora, que acha que precisa ficar o tempo todo consertando seu marido, só tenho um conselho para lhe dar: vá ser feliz! Procure coisas que preenchem seu vazio e depois volta aqui pra me contar o resultado.

Então este é outro ótimo ingrediente para maridocida: tentar consertar tudo.

 

Receitinha para quem quer atrair marido

Se você deseja se aproximar do seu marido, aqui vai uma dica quente:

Seja o bom perfume de Cristo.

O apóstolo Paulo escreveu:

“E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento.
Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo”
2 Coríntios 2:14,15

 

Seja uma mulher perfumada, que exala a vida, o conhecimento de Deus. Que seus lábios, suas atitudes. sejam agradáveis a ponto de seu marido sentir prazer em estar por perto.

Eu sei que casamento não é nada fácil. E que é feito de duas pessoas. A culpa dos problemas nunca é apenas de uma das partes. Mas a bíblia afirma que você, mulher sábia, tem em mãos o poder de edificar seu lar (Pv 14:1). Então creia nisso e use a seu favor.

 

Como exalar o bom perfume de Cristo?

 

Vamos responder isso analisando algumas características da mulher de Provérbios 31.

– Ela falava com sabedoria, tinha sempre palavras construtivas;

– Era esforçada e não ficava dependendo do marido para tudo;

– Cuidava bem do andamento da casa;

– Tinha sonhos, projetos pessoais. Não vivia só para ficar agradando marido e filhos;

– Era generosa, tinha um bom coração, vontade de ajudar e somar na vida das pessoas;

– Enfim, era uma mulher que tinha luz própria. Ela tinha brilho pessoal. Era ativa, produtiva e amorosa.

Se existe uma coisa na qual acredito piamente, é que precisamos nos amar primeiro, para depois aprendermos a amar os outros. Jesus já deixou essa ideia implícita quando nos ensinou:

Ame a teu próximo como a ti mesmo.

Para ser feliz, para exalar a vida e o bom perfume de Cristo você precisa primeiro aprender a se amar. E depois você estará apta a amar as outras pessoas, da maneira correta, que é respeitando-as.

Muitas mulheres caem no erro da dependência emocional. Parecem que vivem mendigando um elogio, uma palavra de aceitação. Notamos que a mulher de Provérbios 31 não era assim. Ela era forte, decidida, produtiva.

E por isso, arrancava elogios públicos do maridão (versículo 30). Todos nós gostamos de viver com pessoas que, embora tenham vida e projetos próprios, também têm energia e interesse para cuidar dos outros.

Nem egoísmo em excesso, nem passividade e dependência. Equilíbrio emocional.

 

A inquestionável importância da autoestima

 

Quando eu escrevi o Método Esposa Sábia e Virtuosa, já sabia que precisaria me focar na área da auto-estima. Conversando com muitas leitoras, eu vi como a baixa auto-estima afeta diretamente a qualidade dos relacionamentos.

Por isso no MESV eu coloquei um ebook bônus sobre o assunto. Alertando as mulheres a investirem seriamente na auto-estima e dando algumas dicas preciosas. Porém, sentia que precisaria me aprofundar no tema.

Felizmente agora, com a ajuda e experiência da Jaci, nós estamos elaborando um material incrível. Um método em cinco passos que, se seguido à risca, ajudará qualquer mulher a viver em lua-de-mel com ela mesma.

Quando isso acontece, você elimina da vida a murmuração e a rabugice; as constantes críticas e cobranças; a mania de ver defeito em tudo e querer consertar a vida das pessoas. Você deixa de ser uma maridocida.

Você fica em paz, e a alegria brota espontaneamente de dentro para fora. Você passa a ser uma pessoa agradável.

Quando você está em dia com sua auto-estima, a vida se torna mais leve, mais alegre, mais produtiva. E é disso que um relacionamento de sucesso precisa. De pessoas que se sintam bem consigo mesmas, e encontram no outro um apoio, um complemento, não uma muleta.

Ninguém é capaz de fazer ninguém feliz. Alegria e satisfação é algo que vem de dentro, e cabe a nós conquistar.

Acredite, quando conseguimos isso, nos tornamos pessoas muito mais fáceis de conviver. E muito mais satisfeitas com a vida.

 

Conclusão

Se quiser ser um repelente de marido, siga estes três passos:

– seja rixosa e amargurada;

– seja crítica;

– tente consertar seu companheiro.

 

Se, ao contrário, você deseja atrair o amor e o carinho do seu companheiro, exale o bom perfume de Cristo. Para isso você precisará alimentar algumas características importantes como:

– se amar de verdade e cultivar uma boa auto-estima;

– ser uma mulher com luz própria, com brilho pessoal;

– aprender a amar e respeitar seu parceiro.

 

Felizmente a bíblia nos dá o poder de escolha, podemos decidir ser luz ou trevas; andar na verdade e colher o bem, ou andar por nossa própria cabeça e colher os frutos disso.

Espero sinceramente que você escolha o caminho da sabedoria. Que decida crer na promessa do Senhor descrita em Provérbios 14:1: “a mulher sábia edifica sua casa”.

 

Deus a abençoe ricamente,

Autora Cintia Amorim.

(Visited 1.041 times, 3.145 visits today)

Also published on Medium.


Compartilhe
  • 106
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    106
    Shares
  •  
    106
    Shares
  • 106
  •  
  •  
  •  
  •  

Sobre o autor | Website

O Estevão Souto contribui para que casais construam um casamento de sucesso. É muito bem casado com a Jaci Souto, e pai da Pérolla. Palestrante, escritor, blogueiro e empreendedor digital.

Deixe o seu Comentário