Aconselhamento Sexo Estevão Souto

SEXO NO CASAMENTO, UMA DÁDIVA DE DEUS

Como está sua vida sexual? Você está satisfeito(a)? Como você lida com o sexo no casamento, uma indecência ou uma dádiva? Sem dúvida que sexo no casamento é um assunto polêmico, cheio de tabus e preconceitos.

SEXO NO CASAMENTO, UMA DÁDIVA DE DEUS
Compartilhe para seus amigos...

Neste artigo você compreenderá que o sexo no casamento é uma dádiva divina para nós filhos de Deus.

Muitos por falta deste conhecimento tem tropeçado feio e se machucado profundamente.

Continue lendo este artigo e você ficará sabendo sobre:

  • Sexo no casamento, uma dádiva de Deus;

  • Uma dança sensual de uma esposa para seu marido, na bíblia;

  • Um sexo oral mencionado na bíblia;

  • 5 benefícios preciosos do sexo para o casal.

 

Nestes cinco anos da página sucesso no casamento, tenho recebido inúmeras perguntas e posso garantir que 70% delas são relacionadas a vida sexual.  E eu não poderia deixar de me dedicar a este tema tão relevante na vida conjugal.

A bíblia não mede palavras para falar de sexo, e eu não vou tentar ser mais santo que a bíblia. Deixo como exemplo para você meditar  Cantares de Salomão. Embora alguns tentem forçar uma interpretação extrema e unicamente espiritual, afirmando que se refere apenas ao relacionamento de Jesus com a igreja.

Acredito junto com autores renomados como Tim Lahye, Mark Driscoll, Josué Gonçalves, Cláudio Duarte, dentre outros que afirmam que Cantares de Salomão se refere a relação conjugal de marido e mulher. ( No final deste artigo, vou indicar livros que vão te ajudar a esclarecer melhor este tema tão importante)

 

Sexo no casamento, uma dádiva de Deus

 

Para muitos infelizmente, o sexo mesmo no casamento ainda é visto como uma indecência que deve ser apenas tolerada.

Digo infelizmente, pois quem pensa assim perde de desfrutar um dos maiores presentes de Deus para o casal.

Vou tomar emprestado aqui um fato interessante que eu li no livro “O Ato Conjugal” dos Autores Tim e Beverly Lahye

“Uma jovem senhora, mãe de três filhos, procurou-me pedindo que lhe recomendasse um psiquiatra. Quando lhe perguntei por que precisava consultar-se, explicou, não sem certa hesitação, que seu marido cria que ela estava com “tabus” com relação ao sexo. Ela nunca experimentara um  orgasmo, não relaxava durante o ato sexual, e tinha muito complexo de culpa com respeito a tudo que cercava a questão. Perguntei-lhe quando fora que se sentira culpada pela primeira vez, e ela confessou haver-se dado a certas intimidades antes do casamento, o que implicou na violação de seus princípios cristãos e desobediência aos pais. Por fim, ela confessou: “Nossos quatro anos de namoro parecem ter sido uma série sucessiva de tentativas de Tom para seduzir-me, e eu para afastá-lo. Mas acabei fazendo muitas concessões, e, sinceramente, estou admirada de não havermos ido até o fim, antes do casamento. Depois de casarmos, pareceu-me que era a mesma coisa, embora com um pouco mais de liberdade. Afinal, por que Deus tinha que incluir o sexo no casamento?” Aquela jovem senhora não precisou de toda uma série de testes psicológicos e anos de terapia. Ela precisou apenas confessar seu pecado pré-conjugal, e depois aprender o que a Bíblia ensina acerca do amor conjugal. Removido aquele senso de culpa, ela compreendeu logo que a imagem mental que fazia do ato sexual estava inteiramente errada. Após estudar a Bíblia e ler vários livros sobre o assunto, com a certeza que lhe foi dada pelo pastor de que o sexo é um belo aspecto do plano de Deus para os casais, ela se tornou uma nova esposa. Seu marido, que sempre fora um crente “morno”, procurou-me, certo domingo, no intervalo entre os cultos, e disse: “Não sei o que o senhor falou à minha esposa, mas nosso relacionamento está completamente transformado.” E de lá para cá, seu crescimento espiritual tem sido maravilhoso — tudo porque sua esposa entendeu a verdade de que Deus determinou que o sexo seja uma experiência desfrutada pelos dois cônjuges.”

Talvez você carregue algum tabu, que está te impedindo de desfrutar a plenitude do sexo no casamento. Compreenda que Deus criou o sexo para o casal desfrutar uma intimidade superlativa no sentido físico, emocional e espiritual. Sexo serve muito mais que apenas para procriação.

Meu compromisso aqui no blog é te ajudar a construir um casamento de sucesso que glorifique a Deus, por isso, não permita que algum tabu, te impeça crescer na intimidade com o seu cônjuge.

Se estiver gostando do assunto, compartilhe com seus amigos utilizando os botões abaixo.



Uma dança sensual de uma esposa para seu marido, na bíblia

 

O livro Cântico dos Cânticos é um dos livros mais enigmáticos da bíblia e dividem muitas opiniões, existem pelo menos 5 abordagens para ele. São elas Didática, Tipológica, Dramática, Alegórica e Literal. (Caso queira entender cada uma delas, me pergunte nos comentários que explico)

Grande parte dos cristãos leem Cântico dos Cânticos com os óculos da abordagem alegórica, entendendo que represente a relação de  Cristo com a Igreja. Este entendimento exclui toda a didática e a literalidade que o livro possui e que pode ajudar marido e mulher a enriquecerem o sexo no casamento sem ofender a santidade de Deus.

Com esta visão literal e didática, o livro “Amor e Sexo, Cumplicidade e outros prazeres a dois” dos autores Mark e Grace Discoll, apresentam a dança de Maanaim, sendo uma dança erótica da esposa Sulamita para seu marido Salomão. Leia com atenção esta citação do livro:

“ Na tradução da Nova Versão Internacional, o livro mais erótico de toda a Bíblia fala sobre a “dança de Maanaim”. Um teólogo, ao falar sobre o livro, comentou: “Agora ela vai dançar nua e bastante sedutora”. A dança de Maanaim é bem parecida com um striptease exótico que a esposa oferece para o marido. Maanaim é uma cidade em que uma hoste de anjos encontrou Jacó, o que pode significar que o marido esteja dizendo que a esposa parece um anjo para ele. Agressiva e confiante, a esposa provoca o marido usando toda a sua beleza e charme para atraí-lo. A coragem dela pode ter vindo dos incentivos verbais e dos elogios que ele fez e que permitiram que ela se visse através dos olhos do esposo.”

Incluí esta possível dança sensual da Sulamita para Salomão, para que você compreenda que sexo é mais do que procriação, ou só para satisfazer um necessidade biológica. Você e seu cônjuge podem ser criativos e transformar a vida sexual em um momento lindo, apreciado pelo casal e que resultará em mais união.

 

Sexo oral mencionado na bíblia

 

Seu umbigo é uma taça redonda onde nunca falta o vinho de boa mistura. Sua cintura é um monte de trigo cercado de lírios. Cânticos 7:2

Talvez você esteja se perguntando, o Estevão deve estar maluco onde neste versículo tem sexo oral?

E eu te respondo: a maioria dos tradutores da bíblia, querendo ser mais santos do que Deus, ao traduzirem este versículo, colocaram “umbigo” quando a palavra original é “Vulva” ( vagina).

A Bíblia comentada The New Century diz: “ Se a ordem das partes do corpo da mulher, de baixo para cima, for seguida de modo consistente, é fácil ver que o umbigo está na posição errada, entre as coxas e a barriga: o umbigo fica acima dos dois. Portanto, é provável que a parte do corpo aqui mencionada seja vagina ou a vulva, não o umbigo.”

Taça redonda onde nunca falta vinho, remete a esta fonte de umidade e prazer sexual,  segundo um estudioso do antigo testamento.

Segundo Mark Driscoll, o sexo oral é permitido pela lei e pela bíblia:

“ Em Cântico dos Cânticos 2:3, a esposa parece falar das delícias que sente a provar a doçura do marido na boca ao realizar o sexo oral dizendo: “Como uma macieira entre as árvores da floresta é o meu amado entre os jovens. Tenho prazer em sentar-me à sua sombra; o seu fruto é doce ao meu paladar.” Certo comentarista da bíblia disse sobre esse texto: “Fruto’ é um termo às vezes associado com os genitais masculinos ou o sêmen, de modo que é possível encontrar aqui uma leve e delicada referência ao prazer oral ou genital.” ( Trecho do livro Amor, Sexo, Cumplicidade e outros Prazeres a Dois)

Diante do que foi exposto posso presumir junto diversos autores que se trata de uma menção ao sexo oral. Não digo como mandamento, mas como possibilidade, se os dois assim concordam.

 

Cinco benefícios preciosos  do sexo no casamento

 

Sexo no casamento é para o prazer

Deus criou os órgãos sexuais com milhares de terminações nervosas, para que o casal possa sentir muito prazer na relação sexual.

O orgasmo não deve ser sentido apenas pelos homens, é uma benção que deve ser apreciada tanto pelo marido quanto pela esposa.

Se um dos dois não está sentindo orgasmo, é necessário que se conversem e entrem em acordo para trabalharem neste sentido, lembrando que as mulheres funcionam como um fogão a lenha e os homens como um fogão elétrico.

Segundo Tim Lahye:  “Quando o amor conjugal é adequadamente consumado até o orgasmo, proporciona ao casal a mais empolgante experiência da vida. Simplesmente, não existe outra experiência que se compare ao ato conjugal — nem para o marido, nem para sua esposa — que precisam um do outro para obter esta suprema recompensa.”

 

Sexo no casamento é para a geração de filhos

Sem dúvida este é o principal objetivo do sexo no casamento, gera filhos. E Deus escolheu esta forma tão singular, quando o casal está em plena intimidade para conceber a multiplicação da espécie.

Há um período em que o casal não se sente preparado para ter filhos, para ajudar nisso, deve-se usar métodos contraceptivos que não incluam praticas abortivas.

 

Sexo no casamento é para união

Segundo o Dr. Stephen Arterburn, da New Life Ministries, diz:

“O prazer sexual é uma das experiências humanas mais intensas. Em termos fisiológicos, quando um homem ou uma mulher fica sexualmente excitado, as terminações nervosas liberam um composto químico no cérebro chamado “opioide”. “Opioide” significa “semelhante ao ópio”, e é uma ótima descrição do poder deste composto. Sem levar em conta uma experiência com a droga heroína, nada é mais prazeroso do que o sexo. Em um relacionamento conjugal, isso é maravilhoso, já que ajuda o casal a se unir e ter prazer em compartilhar uma vida e em construir um relacionamento.”

Sexo no casamento é para a proteção

Não há motivos para o adultério, mas não podemos ficar cegos para o fato de que é possível aumentar a tentação e o risco.

Quando um casal está plenamente satisfeito sexualmente ele está mais protegido de cair sexualmente.

Afinal quando se tem uma Ferrari em casa, não faz sentido roubar um fusca na rua.

Muitas mulheres por puro egoísmo ficam privando o seus maridos do ato sexual, uma o fazem como forma de punição, ou cedem como premiação. Se você faz isso, pare, pois você está destruindo seu casamento.

Ao privar seu marido de sexo, por motivos sem justificativa plausível, você está passando a mensagem, egoísta, que só se importa com você mesma e que está pouco se lixando para a necessidade dele.

E assim, abre grandes brechas, para que ele cometa pecados sexuais, como adultério, vício de masturbação e pornografia. Não que estes pecados são justificáveis, mas a esposa precisa ficar atenta.

Sexo no casamento é para conhecimento

A realização do ato sexual é uma ato de conhecimento intimo e profundo, onde o casal se conhece de uma forma que não é conhecido por outras pessoas.

Inclusive na bíblia os encontros sexuais, são descritos pela termo “Conhecer”.

E conheceu Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz a Caim, e disse: Alcancei do SENHOR um homem. Gênesis 4:1

 

Conclusão

 

Sexo é uma dádiva de Deus para que o casal cresça em intimidade e amor, sempre com respeito e amor,  buscando sempre a própria satisfação na satisfação do outro.

O egoísmo pode tornar a relação sexual abusiva e pecaminosa.

O altruísmo tornará o ato sexual a benção que Deus projetou que ele fosse.

Se você deseja que eu escreva sobre outros temas relacionados a casamento, fique a vontade para sugerir na sessão de comentários abaixo.

Se este artigo fez sentido e foi relevante para você, então compartilhe agora, clicando em um destes botões sociais.

 

 

amor e sexo

Livraria Saraiva

Livraria Travessa

Livraria Folha

O_Ato_Conjugal_000detp

Livraria Saraiva

Editora Betânia

entre lençois

Livraria Saraiva

Livraria Travessa

Livraria Folha

A missão da minha vida é te ajudar a construir um casamento de sucesso para glória de Deus.

Se você quer transformar o seu casamento com estudos baseados na palavra de Deus.

 

(Visited 4.068 times, 375 visits today)
Compartilhe para seus amigos...

Sobre o autor | Website

O Estevão Souto ajuda casais a construírem um casamento de sucesso, através de ferramentas e materiais fundamentados na bíblia. É muito bem casado com a Jaci Souto, e pai da Pérolla. Palestrante, escritor e blogueiro.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!