VÍTIMA SOFREDORA DEPRIME O RELACIONAMENTO

Compartilhar
  • 33
  •  
  • 4
  •  
  •  

Como você se posiciona na vida e se comporta diante dos obstáculos e dificuldades do dia a dia e no relacionamento? Busca uma solução, ou entra no estado de vitimização?

A recorrência de situações que dão errado, nem sempre é simples fruto do acaso, nem é sinal de que o universo está contra você. É possível que determinadas situações aconteçam como consequências de atitudes, comportamentos e escolhas displicentes. Naturalmente o ser humano tende a buscar culpados, – desculpas – para justificar seu erros, assim não precisam se responsabilizar, nem fazer algo a respeito.

Para estes sempre existe uma justificativa para cada ação com prejuízo ou omissão, se utilizam muito bem de qualquer suposta situação ou de pessoas para justificar seus erros, e nem se sentirem culpados. Muitos chegam até a desenvolver doenças e entrar num estado de vitimização, para receber atenção e não ser reprovado pelo outro.

“Crianças que receberam pouco ou nada de afeto durante sua primeira e segunda infância, ou que só tiveram atenção dos familiares quando machucadas ou doentes” tendem a se comportar como doentes, vitimadas.”

Essas pessoas, mesmo na fase adulta tendem a associar dor e sofrimento como forma para receber amor e atenção. “Então estão sempre reclamando da vida, apresentando queixas recorrentes, sejam elas relacionadas ao corpo, como doenças ou dores; ou ligadas aos seus relacionamentos. Sejam relacionamentos de trabalho, amigos ou familiares, mas muito mais do relacionamento afetivo conjugal”.

Infelizmente elas não tem consciência de que a pessoa que mais perde ao se vitimar é a própria vítima, pois além dela limitar seus sonhos ela afasta as pessoas queridas.
Muitas vezes, “É necessário que alguém lhes fale que está sendo negligente, reclamando demais, que está se vitimando e que o direcione a buscar a consciência e auto responsabilidade”.  Só assim haverá mudança.

Afinal, uma pessoa negativa, que só reclama e se vitimiza afasta e intoxica seus relacionamentos. Eles se desgastam e ficam desinteressantes. Ela se torna deprimente, ela deprime o parceiro.  Se nos afastamos de amigos tóxicos, pois fazem mal, imagina o quão mal faz conviver diariamente com alguém assim?!

Por quanto tempo você aguentaria alguém do seu lado, sempre reclamando, com dores, usando de sua doença para ganhar atenção ou justificar sua não ação, sua zona de conforto? Este relacionamento é muito negativo e destrutivo. É mais fácil e mais bonito você pedir ajuda.

A vitimização é a linguagem dos derrotados, pois a vítima se torna PASSIVA diante dos problemas. Quem enxerga a si mesmo como vítima das circunstâncias abre mão do próprio poder de lutar e vencer. Se torne auto responsável e transforme seus sonhos e relacionamentos.

Você precisa ser o protagonista da sua história, e só pode ser derrotado se desistir. Falhou? Aprenda com seus erros e tente de novo. Nada de reclamar ou procurar culpados para a desgraça!

Se hoje, você estivesse solteiro e tivesse que escolher entre uma pessoa feliz e uma vitimada para namorar, qual você escolheria?

Qual é mais agradável? Perto de qual delas você gostaria de passar mais tempo?
Analise e veja como você tem agido no seu relacionamento?! Você é uma pessoa que faz bem ao outro, sua presença é boa ou afasta as pessoas?

https://www.instagram.com/p/CJbISXyAL9t/?utm_source=ig_web_copy_link

#viciosemocionais #relacionamentoabusivo #dependenciaemocional #relacionamentotoxico #precisorestaurameurelacionamento

  • 37
    Shares

Sobre o autor | Website

Com especialidade em Restauração de Relacionamentos, utilizando o amor da Psicanálise, (cura pelo amor), mais as poderosas ferramentas do Coaching Integral Sistêmico, também técnicas de PNL e Perfil Comportamental, desenvolvi um processo poderoso para restaurar, fortalecer, unir e gerar cumplicidade no relacionamento. Também programa para sair de estados depressivos, apáticos, de vitimização e de baixa autoestima. Desenvolvendo Inteligência Emocional, equilíbrio e uma visão para a vida com otimismo e positividade, transformando você numa pessoa mais proativa e feliz. LUCIANA CONTERATTO Gestora de Recursos Humanos; Psicanalista - Mestrado em Coach Integral Sistêmico; Analista de Perfil Comportamental; PNL;

Deixe o seu Comentário