MEDO DE SE ENTREGAR AO AMOR DEVIDO A DOR QUE ELE JÁ TE CAUSOU?

Muitas pessoas não se entregam ao amor, não se doam, pois foram feridas e por terem sido feridas, continuam ferindo e assim vivem um relacionamento sem intimidade, sem entrega, sem projetos a longo prazo pois pensam que logo tudo pode se ruir.

Compartilhar
  • 322
  •  
  •  
  •  
  •  

Você está num casamento ou relacionamento cheio de reservas devido a dor que já sofreu?

Como alguém pode amar e causar dor? Ou qual a razão de ferir a quem amamos?!

Muitas pessoas não se entregam ao amor, não se doam, pois foram feridas e por terem sido feridas, continuam ferindo e assim vivem um relacionamento sem intimidade, sem entrega, sem projetos a longo prazo pois pensam que logo tudo pode se ruir.


Essa semana ouvi um grande empresário falar e achei o máximo e muito profundo. Ele disse: Eu não faço negócios com homens que sei que são infiéis as suas esposas, pois se eles traem a pessoa que eles amam, que dormem juntos, admiram, a mãe dos seus filhos!! Quanto mais simples seria traírem a mim que não tenho ligação afetiva, de sangue, de amor, de respeito com eles?! E isso vale para o casal. Quão digno de confiança você acredita que essa pessoa é?!


Se você acredita na lei da semeadura, qual o sentido de plantar dor?
Qual o sentido de ferir a quem amamos ou dizemos amar?
Qual o sentido de agir assim?! Será suas crenças? O ambiente aonde cresceu e viveu que acredita que isso é normal?! Ou é por quê já foi traído? E se fosse com você?


E se você já foi enganado e não foi bom para você, qual o sentido de continuar repetindo esse comportamento? E se você souber que ele pode retornar para você ou para os seus, até a terceira e quarta geração… te conforta continuar ?


Muitos homens que foram fiéis (leais) e foram traídos por suas parceiras, depois tem dificuldade de serem fiéis novamente. Agora, eles traem como “prevenção” ou por não acreditarem mais no sexo oposto. E muitas mulheres agem da mesma forma também. E então qual o sentido de tentar ou terem construído um novo relacionamento, sem confiança? Ou sem se “curar” antes? Continuar ferindo, não vai amenizar a dor de outrora.


A verdade é que você deve se permitir agir da forma correta, pois se alguém não foi correto com você, não quer dizer que todos sejam assim, e se a pessoa não valorizar essa qualidade em você, o problema está nela e com você. O normal deveria e deve ser este o comportamento e não ao contrário. Isso é valor, é essência de valor e caráter nobre.  No futuro, se algo der errado, você não vai precisar chorar de arrependimento, mas sim terá paz, por ter feito a sua parte, por ter agido de forma honesta com seu cônjuge. 

Cuide de você, e você e terá a oportunidade de se amar, perdoar o outro, se perdoar, transbordar em amor e então construir um relacionamento/casamento de sucesso.
Lembre-se: O verdadeiro amor lança fora todo medo.
O verdadeiro amor, sempre cresce em admiração, carinho, zelo e respeito.
Se dê a oportunidade de amar sem reservas. 

 siga no instagram @restauracaoderelacionamentos ou a página do facebook
https://www.facebook.com/RestauracaodeRelacionamentos/

  • 322
    Shares

Sobre o autor | Website

Com especialidade em Restauração de Relacionamentos, utilizando o amor da Psicanálise, (cura pelo amor), mais as poderosas ferramentas do Coaching Integral Sistêmico, também técnicas de PNL e Perfil Comportamental, desenvolvi um processo poderoso para restaurar, fortalecer, unir e gerar cumplicidade no relacionamento. Também programa para sair de estados depressivos, apáticos, de vitimização e de baixa autoestima. Desenvolvendo Inteligência Emocional, equilíbrio e uma visão para a vida com otimismo e positividade, transformando você numa pessoa mais proativa e feliz. LUCIANA CONTERATTO Gestora de Recursos Humanos; Psicanalista - Mestrado em Coach Integral Sistêmico; Analista de Perfil Comportamental; PNL;

Deixe o seu Comentário